Precisão e Durabilidade com Guias para Placa Extratora Bolexp

Introdução às Guias Bolexp

Buchas de Esferas Recirculates Bolexp

As buchas guia com esferas recirculantes BOLEXP são constituídas de um invólucro de aço para rolamento, temperado e retificado, que mantém esferas correndo dentro de um a gaiola de bronze de alta resistência.

O sistema de deslocamento consiste em diversas fileiras onde as esferas de precisão circulam infinitamente.
A grande novidade das buchas de guia BOLEXP é que as esferas não correm em paralelo com a direção de movimentação, mas com um suave ângulo, ampliando assim a área de contato com o eixo e permitindo maior capacidade de carga. Este sistema patenteado representa uma inovação absoluta no mercado de guias lineares. Um a estrutura totalmente em metal faz com que as buchas sejam resistentes a altas temperaturas.

As buchas BOLEXP são fornecidas em três opções de formas exteriores, todas equipadas com a
mesma estrutura interna:

Coluna de Guia

A coluna de guia Bolexp é feita de aço 1.5732 com superfície temperada, obtendo dureza de 62-64 HRc em uma espessura de 1,00 a 1,20mm, deixando o núcleo maleável o suficiente para absorver os esforços que possam ser necessários.

Na fabricação das guias algumas características são essenciais, incluindo qualidade do aço, dureza superficial, precisão e qualidade de acabamento.

Determinação do Tamanho

A determinação do tamanho da bucha Bolexp é baseada nas especificações da ferramenta a ser construída e na capacidade de carga necessária, como também na vida útil ds buchas e segurança de operação.

Use a tabela de Cargas Máximas Recomendadas abaixo para cálculo:

ModeloCarga máxima recomendada (N)ModeloCarga máxima recomendada (N)ModeloCarga máxima recomendada (N)
B80120351.250B80220261.250B8031630882
B80125351.250B80220351.915B80316351.250
B80125451.985B80225261.250B80320351.250
B80125552.721B80225351.985B80320451.912
B80132451.691B80225452.721B80325351.250
B80132633.015B80225553.456B80325451.985
B80140451.691B80232452.574B80325552.721
B80140633.015B80232633.897B80332451.691
B8021222882B80240452.574B80332633.015
B8021622882B80240633.897B80340451.915
B80216261.250B8031230882B80340633.015

Use a fórmula abaixo para calcular a vida útil nominal das buchas com esferas Bolexp.

Lh – (833/H*Nosc)*(C/P) em horas

Lh= Vida útil nominal em horas de operação
H= Curso em sentido único por movimentação em metros (m).
Nosc= Frequência de ida e volta(1/min).
C= Capacidade de carga em N.
P= Carga de rolamento equivalente em N.

Exemplo de Cálculo

A extração de um molde de injeção é guiado por quatro buchas de referência B8022535 (C=1.9185). A carga em cada bucha é P=200N, o curso das guias é de H=0,25m, a frequência do movimento de ida e volta é de Nosc=10 1/min. A vida útil calculada é:

Solução: Lh = (833/0,25*10)*(1985/200) = 300.000 horas.

Capacidades de carga e cálculos de vida útil de buchas mostradas acima são aplicadas para condições precisamente definidas. Uma condição adversa pode reduzir significativamente ambas medidas.

Precisão de Movimentação

A precisão de movimentação de movimentação utilizando colunas com buchas com esferas BOLEXP depende de diversos fatores, como a precisão do posicionamento das buchas e colunas, qualidade das colunas, comprimento livre entre o suporte da coluna e o comprimento da bucha em relação a área de deslizamento. Estas influências dependem basicamente do tipo de aplicação e carga a serem suportadas.

No geral, a precisão de movimentação necessária deve ser garantida por características e projeto da montagem, como também por precisa fabricação dos elementos adjacentes. É recomendado fixar a coluna nas suas duas pontas, particularmente em casos de altas cargas, mesmo que o projeto permita isto.

Lubrificação

Com o objetivo de garantir longa durabilidade para as buchas com esferas BOLEXP, são necessárias lubrificação e manutenções adequadas. Os canais em que correm as esferas precisam estar livres de partículas que possam obstruir o caminho. Além disto, é recomendado utilizar óleo lubrificante para garantir a própria lubrificação de todos os elementos móveis e, se necessário, remover as impurezas.

Sugerimos usar óleos CLP de acordo com a norma DIN 51524, com faixa de viscosidade entre ISO VG 64 a 100. Mesmo que graxa possa ser utilizada na lubrificação, isto não é muito recomendado em função de fixar partículas de sujeira muito mais facilmente.

Guias com esferas BOLEXP são fornecidas oleadas para sua lubrificação e devem ser lubrificadas quando necessário. O fluído de conservação é compatível e pode ser misturado com lubrificantes de base mineral, tornando desnecessário lavar as buchas antes de sua montagem.

Fabricação de Colunas

Colunas para buchas com esferas BOLEXP devem ser temperadas e retificadas. Suas pontas devem ser chanfradas para que as esferas não sejam danificadas durante a montagem. De forma a se beneficiar com maior precisão de movimentação e capacidade de carga para as buchas com esferas BOLEXP, o corpo de contato com as buchas deve ser da melhor qualidade e camada temperada adequada.

Montagem e Fixação

As buchas com esferas BOLEXP podem ser montadas em seus furos com tolerância H7 ou de forma que possam manualmente ser deslizadas em seu alojamento. Nunca bata nelas com martelos ou outra ferramenta de impacto. Caso contrário, a estrutura interna da bucha pode ser danificada.

É recomendável montar pelo menos dois sistemas em disposição paralela para evitar possível rotação durante a movimentação. Também recomendamos que o comprimento da bucha seja de pelo menos duas vezes o diâmetro de forma a minimizar ação de rotação das buchas, sempre que isto for possível.
Movimentos de rotação não são recomendados para este tipo de buchas, que foram feitas para movimentos axiais.

Menu Principal